O Município

Dados do município

Dados do município/localização

Fundação: 12/12/1953
Emancipação Política: 1953
Gentílico: IPAUMIRINENSE
Unidade Federatíva: CEARÁ
Mesoregião: CENTROSUL CEARENSE
Microregião: LAVRAS DA MANGABEIRA
Distância para a capital: 420,00

Dados de características geográficas

Área: 273,70
População estimada: 12305
Densidade: 45,00
Altitude: 273
Clima: SEMIÁRIDO QUENTE
Fuso Horário: UTC-3
O topônimo Ipaumirim vem do tupi-guarani e significa lagoa pequena ou alagoinha. Sua denominação original era Unha de Gato,[6] depois Alagoinha e, desde 1943, Ipaumirim.[7]
Localizado no território onde antes habitavam os índios Cariry.[8]

A passagem natural entres as chapadas do Apodi e Araripe, onde localiza-se Ipaumirim, facilitou no século XVII a chegada das entradas (religiosas, comerciais e militares) no interior cearense.[9] Com as notícias que na região tinha ouro em abundância, desencadeou-se uma verdadeira corrida para a busca do metal precioso nas ribanceiras do rio Salgado, e desta forma trouxe para a região do Sertão do Cariri a colonização.

Na primeira metade do século XVIII, com as entradas de paraibanos e pernambucanos que implementaram a expansão da pecuária no Ceará, na época da carne seca e charque, surgiu um núcleo urbano subordinado ao município de Umari, que havia sido criado em 1883.
Os principais eventos culturais são a festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição (8 de dezembro) e as Festividades de São Sebastião que começam no dia 11 de janeiro e vão até dia 20 de janeiro, encerrando com procissão. No dia 20 de janeiro de todo ano se forma uma romaria de pessoas peregrinando para os pés da estátua de São Sebastião que fica no topo do monte conhecido como Pedra de São Sebastião, localizado na zona rural do Município.
A administração municipal localiza-se na sede, Ipaumirim
Nos quadro de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, figura o município de Umari distrito de Alagoinha.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Aloginha figura no município de Baixio.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Alagoinha passou a denominar-se Ipaumirim.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito já denominado Ipaumirim figura no município de Baixio.
Pela lei estadual nº 2161, de 12-12-1953, a sede do município de Baixio, foi transferida para o distrito de Ipaumirim, passando Baixio à categoria de distrito e Ipaumirim à município. Instalado em 01-01-1954.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: ipaumirim, Baxio, Felizardo e Umari.
Pela lei estadual nº 3338, de 15-09-1956, desmembra do município de Ipaumirim os distritos de Baixio e Umari, ambos elevado à categoira de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Ipaumirim e Felizardo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.
Pela lei complementar nº 01, de 14-03-1991, é criado o distrito de Sítio Velho e anexado ao município de Ipaumirim.
Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 3 distritos: Ipaumirim, Felizardo e Sítio Velho.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1997.
Pela lei estadual nº , de , o distrito de Sítio Velho passou a denominar-se Canaúna.
Em divisão territorial datada de 15-VII-1999, o município é constituído de 3 distritos: Ipaumirim, Felizardo e Canaúna.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Alterações toponímicas municipais
Alogiinha para Ipaumirim alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943.
Transferênicia de sede
Baixio para Ipaumirim, transferido pela lei estadual nº 2161, de 12-12-1953.
Vias de acesso
O principal acesso à cidade é via rodovia CE-151, que liga a sede do Município ao trecho de interseção entre as rodovias BR-116 e BR-230.

Personalidades Ilustres
O ex-jogador de futebol Geraldino Saravá.

Economia
Agricultura: algodão arbóreo e herbáceo, banana, arroz, milho e feijão.
Pecuária: bovinos, suínos e aves.
Indústrias: apresenta seis indústrias, sendo três de produtos alimentares, uma de perfumaria, sabão e vela, uma de madeira, e uma de vestuário, calçados e artigos de tecidos de couro e peles.

Geografia
Clima
Tropical quente semiárido com pluviometria média de 773,3 mm [10] com chuvas concentradas de janeiro a abril.[11]

Hidrografia e recursos hídricos
Possui muitos riachos e lagoas sendo suas principais fontes de água são riachos os Pendência e Unha de Gato, afluentes do Rio Salgado.

Relevo e solo
Situado entre a serra da Varge Grande e a serra da Bertioga,[12] possui dois tipos principais de solo: latossolo e sedimentar. As principais elevações são os serrote do Ermo e Serra Velha.

Vegetação
A vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de caatinga (tipo predominante).

Subdivisão
Além da sede (Ipaumirim), o município possui três distritos: Felizardo, Canaúna e Aroeira .[7]

NOTÍCIAS

| 05 DE MARçO DE 2021

OUVIDOR, O AGENTE DE MUDANÇA NA DEFESA DOS DIREITOS DO CLIENTE/CIDADÃO, USUÁRIOS DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E PRIVADOS.

| 03 DE DEZEMBRO DE 2020

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é comemorado anualmente em 3 de dezembro. Também conhecido como o Dia Mundial das Pessoas com Deficiência, esta data tem o objetivo de informar a população sobre todos os assuntos relacionado

| 14 DE JUNHO DE 2020

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado anualmente em 14 de junho.

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito